fbpx

Mãe: eu sou você …um pouco.
Quando vejo sua imagem..reconheço partes que são minhas.
Quando vejo o jeito que você faz suas coisas… reconheço que faço parecido.
Quando vejo como sente aquilo que a vida lhe traz… reconheço que sinto parecido.
Quando vejo como você lida com as coisas da vida…vejo que lido parecido.
Mãe: acho que sou mais que um pouco. Acho que por isso sempre que preciso de algo que falta em mim eu recorro a você: para me ver … e só assim consigo aprimorar o que há em mim mais um pouco!